11 de fevereiro de 2012

Procurando a Terra do Nunca...

Um menino que não quer crescer, pequenas fadas com o poder de voar, crocodilos, piratas, índios e uma terra fantástica. Se você pensou em Peter Pan, meus parabéns. Mas não é exatamente da histórinha de ninar que muitos pais contavam aos filhos que este post vai tratar. 

Depois de várias versões de sucesso, a fábula de Peter e os garotos perdidos foi adaptada para televisão à cabo pelo canal SyFy, e ganhou o nome de Neverland. Na minissérie, Peter é um garoto órfão, vivendo na Londres de 1906 junto com outros meninos na mesma condição. Todos eles estão sob a batuta de Jimmy, o homem que os acolheu e os criou. E também os ensinou a serem espertos batedores de carteira, pois afinal, todos tem que sobreviver.

Para não revelar muito mais da trama, só posso dizer que os contos de fadas nunca estiveram tão em alta. Com a enorme maré de livros que estão virando filmes e séries, nada mais natural do que pegar aquelas tão conhecidas e antigas histórias de crianças e dar a elas um toque de modernidade. Branca de Neve que o diga, e acho que a moça deve estar ficando doidinha com a quantidade de atrizes que estão usando seu nome nas telonas e nas telinhas. 

Mas o grande trunfo de Neverland, assim como acontece na parceira série Once Upon a Time, do canal ABC, não é somente usar os personagens dos contos de fada como matéria prima, e sim coloca-los para viver novos acontecimentos, sempre deixando aquele toque de mistério no ar. Quem aí não se pegou pensando: "O que aconteceu antes da Bela encontrar a Fera?" ou "E se o Capitão Gancho tivesse derrotado Peter Pan?"

Não se culpem se algum dia já se perguntaram isso, pois é uma coisa normal. Até as próprias crianças já se perguntaram isso... Se bem que elas perguntam sobre muitas coisas, não é mesmo? Mas caso queiram descobrir uma resposta diferente daquela que vocês imaginaram, eu os convido à procurar a Terra do Nunca assistindo as duas partes de Neverland, que podem ser baixadas AQUI e AQUI, cortesia do site VM Series.