1 de março de 2014

O drama cinematográfico da Mulher Maravilha

Lynda Carter sendo linda como Wonder Woman
Apesar de muitas tentativas, a Warner Bros ainda precisa lançar um filme digno para a Mulher Maravilha. Trocando em miúdos, a Marvel fez um filme com um guaxinim falante, que anda com uma metralhadora antes de a Warner Bros levar a história da Mulher Maravilha aos cinemas. A personagem, inclusive, depois de Batman e Superman, é a terceira mais conhecida entre os super-heróis. A vontade de vê-la nas telonas é algo que não se perdeu entre os fãs de quadrinhos e agora a Warner Bros está admitindo publicamente a falta de um filme  para a Mulher Maravilha, afirmando que foi "oportunidade perdida" e que eles "precisam" adaptar as histórias dela o mais rápido possível.

Em meio a anúncios recentes, entre eles a escalação de Gal Gadot para o papel que já foi eternizado por Lynda Carter, muita gente se perguntou por que a Warner Bros estava tendo tanta dificuldade com a Mulher Maravilha, apesar de sua popularidade e de ter na gaveta um roteiro escrito por Joss Whedon, que hoje trabalha para a Marvel. A questão provavelmente se resume a uma hesitação com os gastos em produzir um filme de ação protagonizado por uma mulher, mas por quanto tempo mais essa desculpa será válida?

De acordo com o CEO da Warner Bros Kevin Tsujihara, esse dramalhão não irá se estender por muito mais tempo.

Os fãs (e nós nos incluímos nesse grupo) esperam que isso seja realmente verdade. Especialmente considerando que estamos em 2014 e já vimos excelentes personagens femininas como protagonistas de suas histórias, histórias de inegável sucesso de público e crítica. Que o diga Merida, a princesa escocesa de Valente. Que o diga Elsa, rainha do gelo em Frozen. Que o diga Katniss Everdeen e Daenerys Targaryen, heroínas absolutas em suas franquias. Agora é só esperar para ver! E nós estaremos esperando com certeza!

Nenhum comentário: