8 de janeiro de 2018

Mistérios de Star Wars #1: os pais de Rey

ALERTA DE SPOILER: esse post discute revelações feitas em Star Wars: Os Últimos Jedi!





Que a franquia Star Wars é uma das mais lucrativas do cinema e uma das mais amadas pelos fãs, ninguém pode negar. E também não podemos negar que boa parte desse sucesso e adoração se deve principalmente à aura de mistério que cerca a galáxia tão tão distante. Os filmes, embora grandes sucessos de bilheteria, revelam muito pouco sobre o que de fato acontece naquela parte do universo. E claro que tudo isso é proposital, quanto menos um filme revela, mais os fãs especulam, mais espaço surge para que teorias da conspiração se espalhem na internet e mais tempo os filmes ficam na boca da galera. 

E lógico que, com o lançamento de Star Wars: Os Últimos Jedi no fim de 2017, a coisa não foi diferente. Agora passado quase um mês que o filme chegou aos cinemas, muitas questões que permaneceram sem resposta na história começam a ser desvendadas. Talvez a maior delas, estabelecida em Star Wars: O Despertar da Força (primeiro filme da nova trilogia) ganhou um novo contorno: quem são afinal os pais da protagonista Rey?




Pouquíssimas pistas sobre o passado da personagem foram revelados no episódio VII, exceto o fato da mesma parecer ter sido abandonada no planeta desertíco Jakku quando ainda era criança e que, ao longo da vida, ela aguarda o retorno de sua família desconhecida. Entretanto, no episódio VIII, os fãs foram supreendidos quando Kylo Ren revela a Rey que seus pais não eram ninguém de relevância, o que destruiu inúmeras teorias de fãs que ligavam Rey a Obi-Wan Kenobi, a Anakin Skywalker e a outros personagens da franquia como Boba Fett, Han Solo e por aí vai. 

Aparentemente, ele descobriu quem eram os pais da garota quando estava telepaticamente conectado a ela, cortesia da Força. E, em um esforço para persuadi-la a se juntar ao lado obscuro em vez dos rebeldes, Kylo diz a Rey o que ela sabia o tempo todo: sua mãe e seu pai eram apenas vagabundos sucateiros que venderam a própria filha e agora estão provavelmente mortos em uma vala qualquer no deserto.

E bem quando todos pensavam que essa seria a resposta definitiva sobre a parentagem de Rey, o diretor Rian Johnson jogou mais lenha na fogueira. Numa entrevista recente com o The Huffington Post, Rian refletiu sobre a revelação, explicando que era a coisa mais dramática e difícil para Rey  ouvir no filme. Johnson ainda mencionou que a saída mais fácil seria dizer que os pais de Rey são fulano e sicrana e seu lugar no mundo seria X ou Y, e ao invés disso, a jovem é frustrada com o que Kylo lhe diz. Mesmo que ela soubesse no fundo, não é o que Rey queria ouvir, e definitivamente não é o que muitos fãs queriam ouvir depois de toda a sua especulação.




Após a revelação, alguns fãs ainda estão questionando a filiação de Rey, especialmente porque as novidades foram entregues via Kylo Ren, que pode ou não ser uma fonte confiável. Como Johnson disse, é possível que Kylo esteja procurando por alguma informação, verdadeira ou não, que possa usar como vantagem contra Rey. O diretor disse anteriormente ao site Collider que Kylo foi sincero em suas observações, mas ele foi afundo em seu comentário dizendo que a verdade poderia depender de como você olha as coisas. As coisas ainda estão em aberto, e não estou escrevendo o próximo filme. [J.J. Abrams e Chris Terrio] estão fazendo isso, disse ele.

Ou seja: embora as coisas dependam muito do ponto de vista (coisa que Obi-Wan Kenobi enfatizou e muito com Luke na trilogia original), talvez só saibamos de fato se Kylo disse a verdade em 2019, com o lançamento do próximo filme/episódio da franquia.

Nenhum comentário: